sábado, 13 de dezembro de 2008


PAIS DE MERDA

Há vários anos atrás quando um amigo me disse que o Brasil éra um pais de merda, confesso que fiquei irritado com tal afirmativa. Isso aconteceu a mais de 15 anos atras, porem, hoje tenho a certeza absoluta de que ele estava certo. Vivemos num país de merda, governado por um presidente de mérda no qual os conchavos e apadrinhamento fazem parte num geral, não, isso não começou com ele, mas ja faz parte da cultura desse pais infeliz. Ao contrario dos países desenvolvidos tudo por aqui é feito tendo como base os apadrinhamentos e conchavos, pagamentos de favores e coisas afins. Esse costume que já está arraigado nos alicerces de nossa pátria só faz com que o desenvolvimento em vários setores da actividade fiquem bloqueados por incompetencia daqueles que foram colocados nesses mesmos setores apenas para cumprirem vagas dadas de graças por padrinhos, sem ao menos saberem como se age estando em tal pasta ou cargo a ele entregue.

Como fruto desse costume desembestado e sem noção temos como reflexo, essa merda encomensuravel que se arrasta a anos em diversos setores de atividades, sendo eles privados ou não. O resultado disso é o atraso em diversos setores, a estagnação de retornos de resultados que poderiam ser melhores se pessoas mais capacitadas fossem colocadas no locais próprios.Nas empresas, sempre temos um gerente ou um encarregado que protege seus apadrinhados, amigos e parentes os colocando em cargos importantes pouco se lixando se estão aptos ou não, pouco se importam se essas pessoas incompetentes possam trazer prejuizos futuros para a empresa, pois o que importa no momento é o fato dos mesmos estarem recebendo bons salários até quando puderem sugarem como uns vampiros insanos.


Nos cargos governamentais estamos cansados de vermos tais atuações, se um ajuda o outro numa campanha eleitoral, esse mesmo, eleito, trata logo que arrumar uma carguinho para o seu amigo e assim por diante, na verdade não existem perdedores em politica, basta estar no meio para que seja sempre um vencedor. O que me deixa mais triste, é que essas atitudes são típicas do nosso pais, pois, você não vê esse tipo de atitude em nenhum pais desenvolvido, talvez seja por isso que eles são desenvolvidos. Num pais desenvolvido como os EUA, o pessoal para cargos importantes tanto em empresas como para cargos públicos são escolhidos a dedo pelos seu superiores, pois eles visam sobretudo, o crescimento do pais, ou da empresa a que trabalham, como pode ver, uma mentalidade completamente diferente da que estamos acostumados a ver por aqui.

Seria muita pretensão do meu lado querer que isso mude de uma hora para outra aqui no Brasil, eu sei que minha geração não irá conseguir ver uma justiça sendo feita.

Enquanto isso não acontece, resta para nós, humildes mortais continuar fazendo a nossa parte lutando contra tudo e contra todos nesse pais que continuara durante muito tempo sendo um pais de merda.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

LEIS GOVERNAMENTAIS RIDÍCULAS

A partir de hoje, segundo determinação governamental nenhum serviço de atendimento ao cliente pode deixar o cidadão prostrado no telefone por mais de 1 minuto, segundo a lei a empresa que desobedecer tal lei poderá levar uma multa exorbitante. Todos nós sabemos que isso é uma mentira descabida e continuaremos a ser mau atendido em todos os sentidos. Que paizinho ridículo a gente vive, fala a verdade.