terça-feira, 30 de novembro de 2010

Extremos


 Selena era um fenômeno, seus olhos era o que dominava os homens que conquistava. Já havia acumulado uma respeitável fortuna com os golpes que havia aplicado nos milionárias que escolhia a dedo. Na verdade nem considerava como golpe, apenas pedia uma pequena transferência financeira para sua conta para que continuasse o mancebo brincando em seu parque de diversão a hora que quisesse. Não havia o homem que resistisse a tal tentação, ela parecia que hipnotizava a todos.
Apesar da fortuna que havia acumulado nos anos, Selena não era feliz, pois seu verdadeiro amor não tinha nada de milionário, na verdade era ela quem tinha que ajudá-lo financeiramente. Jordão era um pobre coitado pedreiro azulejista, trabalhador que jamais conseguira um status de homem financeiramente qualificado. Tinha como grande trunfo poder afogar o ganso guando quisesse no traseiro de uma das mulheres mais linda que há havia visto, Selena.

Nenhum comentário: