sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A Vedete





Ela sabia que não era dessa época. Quando dormia se via nos anos 20 em uma boate eu Nova York onde cantava dançava e dava show, era uma vedete da mais alta categoria. Samira não entedia de onde vinha esse pressentimento, por ora ficava viajando com sua mente em paragens jamais imaginada. Via se cercada por vários homens milionários sedentos por sexos devido a seu corpo maravilhoso e bem talhado, sexo esse que ela dividia com todo prazer em noitadas memoráveis. Sua mente embaralhada agora já não sabia discernir o sonho do real.

Nenhum comentário: