sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Silicone



Silicone é o que as mulheres estão procurando colocar em quase toda parte do corpo. A bem da verdade trata-se de um vaidade puramente feminina, porque os homens machos originais estão pouco se lixando para a qualidade que o silicone possa dar ao corpo feminino, os homens que nasceram homens dão mais valor ao que é natural mesmo, aquilo que pode ser pegado agarrado e chupado com toda a naturalidade e certeza de saber que tudo aquilo que ele esta apalpando é natural. Mas como nós, machos naturais somos obrigados a nos adaptarmos a quase tudo o que as mulheres querem delas mesmas temos que continuar prestigiando essas coisas que elas acham que são tão importantes assim pra elas mesmas.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Sorvete de carne



Áurea era seu nome, loiríssima, e se irritava com o costume que as pessoas tinham de tratar-lhe de loira burra, frase idiota essa criada em uma musica popular por um cantorzinho idiota que atingiu até um certo grau de sucesso. Áurea passeava a tarde nas calçadas das belas ruas da cidade onde morava, desfilava o seu corpo escultural pela brisa do momento e não havia homem quem não desse uma olhada em sua bunda e lhe dirigisse um gracejo. Áurea agora para perto de um sorveteiro e pede um sorvete de chocolate, cada chupada que da no sorvete lhe aflora um desejo sexual que ela alimenta a anos, o do sexo oral. Passam-se mais alguns momentos e o sorveteiro esta agora num canto qualquer encostado num muro enquanto Áurea sacia-se com o membro sexual do sorveteiro que geme de prazer.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Drama de Andréia


Porque será que mesmo com o passar dos anos o costume que Andréia tinha de se masturbar não havia passado? Triste, já havia ate consultado um psicólogo para que pudesse de certa forma acabar com esse costume que tinha desde os tempos de adolescente. Durante o período em que se tratava com um famoso psicólogo de família amigo de seu pai não conseguiu se “curar” desse seu costume de tempos antigos.
Já havia sido avisada por esse mesmo medico que a masturbação feminina ou masculina não tinha nada de mal e que era até certo ponto bom, desde que não criasse nenhum drama ou sensação de culpa pelo individuo que usasse esse tipo de artimanha para ter seus orgasmos sexuais tão naturais. Com o passar do tempo o grilo de Andréia foi desaparecendo e sua amizade com o psicólogo foi tanta que vez ou outra ela volta ao consultório somente para masturbar o seu psicólogo que sempre foi onanista de carteirinha.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Litoral sexual



Tomar um banho de sol naquela belíssima praia do litoral paulistano era tudo o que Natalia queria e fazia sempre que podia. Seu corpo escultural e apetitosamente delicioso para o gosto masculino era figura de destaque naquele cenário de verão brasileiro. Cantada era o que não faltava para aquela garota mulher de 23 anos de idade. A tarde o desejo aflorava e sempre uma cantada mais forte de algum macho que ela se interessasse era o suficiente para levá-la a um quarto de hotel, e era isso o que ela mais queria. Sim, já era 16 horas e nesse momento Natalia já estava num belo quarto de um hotel praiano sendo enrabada impiedosamente por algum playboy da região. Natalia era aquilo mesmo que algumas mulheres desejavam ser, porem a coragem faltava.

Lidiane


Lidiane pensava que havia visto tudo o que tinha de ser visto em anatomia sexual masculina, havia transado com uma quantidade enorme de homens de todo tipo, gordo magro, alto baixo, barrigudo, sem barriga, preto, branco, loiro, japonês, careca, banquela, cabeludo, roqueiro, punk enfim todo o tipo. O bem da verdade ela queria mesmo que fossem homens machos originais sem nenhum ranço aviadado dos tempos atuais, homens que gostassem de mulheres, homens que gostassem de usufruir de tudo de bom que uma fêmea no cio pudesse proporcionar, e foi assim sua vida até que conheceu Jarbas Sulino, um paraibano arretado. Quando foi pra cama com Jarbas Sulino pela primeira vez ficou espantada com o tamanho do membro sexual de seu parceiro que segundo ela deixava de ser um pênis para se batizado de caralho, tamanho a proporção do individuo em estado de ereção. Lidiane se apaixonou pelo pinto do paraibano e nos primeiros 45 minutos de sexo limitou-se apenas a mamá-lo deixando Jarbas totalmente maluco e desesperado. Lidiane brincava com o membro que mais parecia um taco de basebol. Depois da brincadeira foi o momento de um promiscuo sexo onde Lidiane ficou no dia seguinte sem conseguir andar ou sentar devido a paixão paraibana por sexo anal. Lidiane literalmente tomou no cú (e gostou).

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Apenas uma bunda branca



Guriel sempre fora um rapaz conquistador, ou como queira, metido a conquistador. Sempre se deu bem em suas conquistas nos tempos de colégio e depois na faculdade. Formou-se em engenharia elétrica na USP e hoje vive relativamente bem com sua esposa Noêmia que é muito sensual e sapeca na cama. Guriel sempre foi muito fiel a esposa só que fidelidade tem limite quando se trata de um conquistador semi-barato como ele. A sensualidade negra de Noêmia já havia conquistado seu coração a muito tempo e não se conta as noitadas de sexo selvagem que ele havia tido com ela, mas com o passar do tempo a vontade de comer uma bunda que não fosse preta aflorou no âmago de Guriel, o conquistado, e por conta disso o mesmo saiu a caça de uma bunda branca pra comer e conheceu Anete em um restaurante que freqüentava as vezes com os amigos. Depois de um tempo Anete passou a ser seu principal parque de diversão nas horas que não a usava com sua esposa Noêmia. Uma bunda branca era o que ele queria para comer, e foi isso que ele conseguiu, e vive anos felizes assim.

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Sandy e sua declaração Polêmica

Na semana passada, uma declaração da Sandy durante uma entrevista à revista “Playboy” fez mais sucesso do que a capa de Adriane Galisteu. Na chamada, a frase “É possível ter prazer anal” causou polêmica, e também muito desentendimento.
A cantora disse que a revista masculina foi “sensacionalista” ao destacar uma frase de sua entrevista e que teria sido tirada do contexto só para dar mais curiosidade aos leitores.
Abaixo, você pode conferir duas perguntas e respostas, na íntegra, onde Sandy fala do tal do sexo anal.

“Dizem que as mulheres não gostam de sexo anal. Você concorda com isso?”, perguntou a “Playboy”.
“Então... Não tem como não responder isso sem entrar numa questão pessoal. Mas, falando de uma forma geral, eu acho que é possível ter prazer anal. Sim, porque é fisiológico. Não é todo mundo. Deve ser a minoria que gosta”, respondeu a cantora.
“Uma minoria na qual você se inclui?”, insistiu a publicação. “Não vou dizer. Essa é uma pergunta que me faria pôr em prática minhas aulas de boxe”, disse Sandy, rindo.
A cantora ainda falou sobre a vontade que tem de conhecer um clube de swing: "Já tive vontade de ver. Confesso que até agora só não fui fora do Brasil porque tenho medo de encontrar brasileiros e eles saírem falando. Acho que eu não participaria. Principalmente pelo ciúme de ver meu marido com alguém".
Se não bastasse as declarações que já deram o que falar, Sandy falou abertamente sobre filme pornô. "Já vi. Tem momentos em que é bem adequado. Acho que os filmes pornográficos poderiam ter menos historinha e ir direto ao assunto", disse a mulher de Lucas Lima.
Sandy também revelou que costuma frequentar sex shop e adora comprar lingerie: "Tenho tudo quanto é lingerie que vocês podem pensar. Compro mais quando estou viajando, porque tenho tempo e mais privacidade”.

A bem da verdade fica claro que para as Mulheres sexo anal é apenas mais um gosto ou prazer na hora do sexo, a polêmica criada sobre o assunto  foi somente por que se trata da "Santinha" Sandy, e no meu modo dever ninguem tem nada a ver com isso.  

terça-feira, 19 de julho de 2011

Monica Santhiago, Ponô Star da hora!

Mônica Santhiago (Porto Alegre, 1 de abril de 1975) é uma atriz de filmes pornográficos brasileira. Em 2010, após ter gravado filmes por produtoras como Brasileirinhas e Buttman, ela anunciou sua saída da indústria adulta.Índice]

Biografia


Mônica Santhiago é formada em pedagogia e psicopedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul] e trabalhou na área como professora de maternal durante oito anos. Quando perdeu o emprego decidiu começar a trabalhar como garota de programa]. Iniciou sua carreira no cinema pornô a convite de Don Picone, conhecido ator do gênero, após o encontrar em uma boate. Também já foi casada e tem uma filha
Nos seus 102 centímetros de quadril tem uma tatuagem em formato de arame farpado que homenageia Santa Catarina. Isto se deve a uma promessa realizada por Mônica: quando soube que a santa foi morta amarrada por arames decidiu tatuar-se daquela forma.
Carreira

Conhecida, sobretudo, por seus enormes glúteos, Mônica Santhiago já participou de produções brasileiras e internacionais com enfoque principalmente no fetiche de mulheres com bundas grandes, bem como em cenas onde a sua submissão sexual prevalece. Realizou ainda cenas de sexo anal, dupla penetração, garganta profunda, ATM, sexo interracial, etc.

Já filmou para as produtoras As Panteras, Brasileirinhas, Explicita e "Buttman Brasil" além de produtoras estrangeiras, principalmente pela "Evasive Angles". Também já gravou material para o site "Naughty America", "Brazzers" e "Mike in Brazil" da produtora "Reality Kings".

Em 2007, lançou seu site oficial com shows ao vivo e um blog em que, diariamente, respondia as perguntas dos internautas sobre sua vida pessoal, profissional e bastidores da indústria pornográfica. Já em 2009, em parceria com a Clube Pornô, lançou sua loja oficial, oferecendo aos usuários os seus filmes nacionais e também produções estrangeiras.

Em 2010, Mônica anunciou aos fãs e amigos a sua saída do mercado em virtude do seu novo casamento. Algumas produtoras ainda tem lançado material com ela já que os contratos tem longa duração, mas atualmente ela não grava mais.

Prêmios

2010 - AVN Awards - Melhor Atriz Estrangeira do Ano (Indicada, a ser realizado em 9 de janeiro de 2010)
2009 - Erótika Video Awards - Melhor Cena de Sexo Anal (ao lado de Viny) - Tomando no Cú

sábado, 4 de junho de 2011

Paulas


As Paulas são diferentes
As Paulas são mais gostosas
As Paulas gostam de rôlas
As Paulas não gostam de rosas
Todas elas querem ser Paulas
As Paulas gostam de pau la dentro
As Paulas não gostam de pau la fora
As Paulas dão pros Paulos e pros Josés
Todos querem comer as Paulas
Eu quero as Paulas, eu não quero os Josés.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Bunda das mulheres



Bundas, bundinhas bundonas
Nós, homens originais amamos as bundas das mulheres
São lindas são maravilhosas
Bundas pretas, brancas ou morenas
Bundas são lindas
Bundas pra lamber, bundas pra chupar, bundas pra morder, bundas pra comer.
Nós, homens originais amamos as bundas das mulheres

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Gordinhas??

É impressionante como a midia trabalha de um jeito extremamente errado em alguns segmentos, vou descatar um deles ao qual do meu ponto de vista não tem o menor sentido, falo da  fantástica  abordagem que fazem do  fato de algumas (ou todas) mulheres terem um padrão corporal igual uma das outras, ou seja, todas tem que ter o corpo igual, todas tem que serem magras, o que é um absurdo
O  mais interessante nisso é que quando sitamos "magras", le-se quase "bacalhal", sem coxa, sem bunda, sem porra nenhuma. Eu poderia ficar aqui falando desse assunto durante muito tempo mas não quero e nem é esse o meu objetivo principal nesse blog, a unica coisa que posso dizer se diz respeito ao gosto masculino em comum (sem nenhum estilo agayzado) que grassa hoje em todo segmento da sociedade, o gosto masculino comum, principalmento os que tem origem nos anos sessenta e setenta pactua  do gosto por mulheres coxudas, bundutas e cheia de vida, essas mulheres hojes seriam chamadas de gordinhas, o que nao é verdade. Hoje em dia se uma mulher tiver coxas grassas é chamada de gorducha, como vê perderam completamente o sendido das coisas. Devemos saber separar uma coisa da outra.  

Salvar como rascunho

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Gisele Bundchen

Gisele Bundchen a top das top models mundial e  mais bela dom mundo é brasileira. 
aqui é o país das mulheres bonita mesmo.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Bela noite



Billy estava ali parado a horas naquele barzinho onde costumava ir após o expediente de trabalho, era um bar onde tocava uns blues, tipo de musica que gostava muito, que curtia por demais por lhe remeter a uma época passada, tempo que parecia que havia vivido de certa forma. Tomava agora sua décima dose de whisky, estava quase que bêbado, ao que tudo indicava sua musa não iria passar hoje para que pudesse os dois se curtir por momentos antes de adentrarem um motel e passarem a noite toda como era de costume. Billy ficou por mais duas horas bebendo, olhou no relógio levantou quase que caindo da cadeira, pagou a conta e foi embora andando mesmo, pois morava ali perto. Chegou ao apartamento furreco que morava, abril a porta  e depois a trancou, foi para o seu quarto quando teve a surpresa de encontrar sua musa na cama pelada lhe aguardando, ela havia resolvido lhe fazer uma surpresa. Billy ficou alegre apesar de bêbado que estava, não importava, iria ter uma boa noite de sexo.

terça-feira, 15 de março de 2011

Mulher Cibernética



Minha mulher agora é cibernética
Em suas veias sintéticas corre sangue artificial para lutarmos juntos no dia a dia, sem o cansaço e desanimo natural.

Minha mulher agora é cibernética, cabelo de nylon, cílios postiço, não precisa mais ir ao cabeleireiro ao banheiro nem se maquiar, trocou o batom por uma pintura labial perolizada que nunca risca e o sorriso faz conforme a ocasião.

Minha mulher agora é cibernética, coxas torneadas milimetricamente que nunca conhecerão uma varize, bumbum artificial que nunca terá uma estria. Ela jamais precisara freqüentar uma academia, pois já veio personalizada de fabrica e com isso não terá problemas.

Minha mulher agora é cibernética, tem  GPS e Chip na mente, fala pouco e não mente, não assiste novela nem vai a shopping center.

Agora eu durmo solitário, não tenho com quem fazer amor, minha mulher cibernética está desligada. Que saudade da de carne e osso.


domingo, 27 de fevereiro de 2011

Coisa Feia


Certa vez eu conversava amigavelmente com um colega e falávamos de mulheres e de como elas haviam conseguido merecidamente muitas coisas que antes eram somente privilégio dos homens na sociedade. Nessa conversa que terminou tomando um bom tempo nosso ele me disse também, que as mulheres estavam cada vez mais se equiparando ao homem tanto profissionalmente como na vida e até mesmo na mediocridade e falta de vergonha na cara, só que o assunto que quero tratar agora não é de moralismo, mas apenas comentar o que antes era “coisas de homem” passa agora a fazer parte também do universo feminino.
Essas atividades notadamente são vista nos esportes onde as vemos superar a cada dia um novo Record. Esportes que foram mais da ala masculina como boxe, futebol e halterofilismo agora faz parte do universo feminino e é ai que eu quero chegar. Dentre os esportes que eu citei o halterofilismo e o fisiculturismo cultura ao corpo a ponto da musculatura ficar igual a de um homem no meu ponto de vista é um absurdo, eu não me conformo em ver um corpo feminino transformado em uma bisonha arquitetura cheia de nervos e músculos, fica uma coisa extremamente horrorosa desagradável e de um mal gosto a toda prova. Esse tipo de atividade joga fora toda aquela dimensão maravilhosa que um corpo feminino todo torneado cheios de curvas pode proporcionar. O que não me conformo é que inda tem gente que acha isso tudo uma maravilha. Eu penso que tal atividade esportividade jamais deveria ter chegado a ser intensificada pela ala feminina, afinal mulher nasceu para ter um corpo bonito e não se transformar numa coisa bisonha e hibrida como vemos na foto, é lamentável!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

TESÃO, SIMPLESMENTE TESÃO...


 


Primeiro é o beijo. A língua enrolada na outra. Depois as mãos unidas acariciando seios, lambuzando corpos, descortinando sexos.

Em seguida é a nuca seca pronta pra mordida e a mordida desenhando marcas bem no pescoço, próximo da face.
Depois é um tapa, um após o outro. A contração dos músculos, em posição a libido. O fogo e a brasa. O delírio e o orgasmo.

A música sendo ditada pelo ritmo dos corpos na cama, os gemidos - as trocas de carinho, 

a eterna sinfonia dos amantes.
O vem e vai de almas e corpos desprendendo do âmago (numa violência quase suicida) um líquido que vomita agonia.
Olhos e quadris, prontos para o desejo. 
Beijo e carinho: o sereno... estrelas, a noite, o luar, o brilho da manhã,
o desejo e o orgasmo.
Eu e você. Você e eu. Eu e você. Entrelaçados para sempre. Para sempre unidos. Para sempre sozinhos... para sempre... 
Para sempre com você... eternamente só...
(...)



(Diego El Khouri)

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Brincando


Na verdade Clarete queria apenas saber de diversão, principalmente com homens. Sabia que éra gostosona, não tinha um corpo estilo Gisele Bundchen, mas com certeza seu corpo era do tipo que levantava a galera quando passava pela rua onde algum grupo de homem se encontrava.
Hoje é sabado, Clarete se diverte em um barzinhos com amigas. Na verdade ela gostaria da compahia masculina, mas tudo bem, tem as amigas. Brincando com as amigas e tirando fotos pensou o quão interessante seria suas amigas chupando os seus peitões. depois de muita bebedeira conversou com as duas, e logo estavam elas num quarto se divertindo. A noite realmente é uma criança.

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Vera Nossa!

Eterna Vera Fisher, Musa de todos nós. Eternas musa de tempos escondidos, salas especiais que nunca sairão dos nossos pensamentos.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

VERA FISCHER



Vera Fischer sempre será bela
mesmo que suas entranhas ardam
vinagre e alho com catupiri.
Sua beleza é eterna como o vazio.

Assim a concebo na minha mente
ao lembrar de minha infância
quando as escondidas ligava a TV
para vê-la pelada na tela.

A mais bela das mais belas
estilizadas criaturas da mídia.
Seios e bunda e elegância.

Ser místico de um fascínio imponderável.
Com  a mão direita no desejo
lembro de minha infância horas a fio no banheiro.

(Por Diego El Khouri)

Esse poema está no molho livre blogspot



sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Toda mulher quer ser loira

Porque será que toda mulher que ser loira? Não sei responder, alias isso não deveria ser a Tonica porque desde que o idiota do Gabriel o pensador (pensador?) criou aquele Rap idiota chamado, loira burra, desgraçou de vez a vida dessas beldades branquélas e de cabelos amarelados naturalmente.  A partir disso as piadas a respeito de loirice e burrice se tornaram as idéias do momento, todo mundo se achava o engraçadinho da hora para cria uma piadinha qualquer. Isso tomou uma proporção tão grande e chata na imprensa mas, de nada adiantaram, engraçado era ver as tentativas de justificativa no nosso querido e talentoso cantor Gabriel o pensador
Depois da merda feita o cantorzinho veio a publico tentar justificar, mas não adiantou nada, o estrago já estava feito. Mesmo assim a mulherada que sempre foi mais sensível e inteligente do que a maioria dos homens, não se incomodaram com isso, tanto é que as mulheres até hoje adoram pintar os cabelos de loiros e tornan-se segundo a mas línguas, loiras artificiais, ou oxigenadas. Oxigenadas, artificiais ou não elas continuam sendo maravilhosas, qual o homem que não gosta de loira, pintada ou não?

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Magnólia



Magnólia era seu nome, Mag seu apelido. Reza a lenda que ela foi paixão e tema de uma musica de Jorge Bem. Magnólia negra linda futurista inspirava os poetas, os artistas e os loucos, sua beleza era uma verdadeira imagem de sonhos. Onde passava deixava corações partidos e desilusões permanentes nos corações dos homens.
Magnólia nobre, sensual e bela dedicava-se a muitas coisas, dentre elas a ajudar as pessoas. Um dia um coração desapontado de um de seus pretendentes enegreceu de ódio e rancor e fez com que esse homem numa noite tenebrosa assaltasse a residência de magnólia e após horas de sexo forçado a matou.
A tristeza tomou conta da cidade, ninguém parecia acreditar no que havia acontecido como alguém poderia ser tão cruel a ponto de tirar a vida de tão meiga criatura? Magnólia agora jazia numa lapide fria e lágrimas de dor forravam a terra do cemitério.
Mag, como era conhecida, Magnólia em registro de nascimento. Negra linda, maravilhosa que na língua de um poeta foi levada para um mundo distante em uma nave espacial dourada com janelas de cristais e forro de veludo rosa. Mag, eu disse 




sábado, 22 de janeiro de 2011

A rainha do cabaré.



Ela se encantou com o mundo musical muito jovem e logo aos catorze anos quando fugiu de casa arrumou guarita num cabaré onde viveu seus momentos de maior magia. Lady Eva como era conhecida tinha um talento único para cantar e dançar, e cantava dançava e encantava, era linda e maravilhosa. Quantos não foram os pedidos de casamento que recusou, pedidos esses feitos  pelos seus admiradores apaixonados e solitários que vinham vê-la naquele cabaré escuro e aconchegante de uma metrópole fria e triste a noite. Passou sua juventude de bailarina cantora e depois de associar-se com seu patrão comprou sua parte em uma época em que ele por motivo de saúde desistiu do comando do cabaré, com isso Lady Eva se tornou a rainha do cabaré. Tornou-se lady, ficou rica e poderosa. Lady Eva é a rainha do amor noturno e soturno, seu cabaré é visitado por pessoas que muitos dizem vir de mundos estranhos, pessoas que vagam a noite e encontra o sexo no cabaré de Lady Eva a rainha do cabaré.


sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

O anel




Dar o anel para muitos pode ser um ato de dar um presente para alguém como em um corriqueiro noivado, mas para Liliane não era isso, para Liliane dar o anel era dar o rabo mesmo, um sexo anal dos mais tosco doído e barulhento. Sua fama de vagabunda já havia se espalhado pelo bairro, mas ela não ligava para isso. Sua compulsão por sexo anal era algo muito estranho, era como um vicio, já havia perdido muitos namorados por conta disso, pois os coitados segundo diziam não agüentavam tanto sexo. Sua fama fazia com que muitas mulheres a odiasse, temendo que a mesma lhes roubasse os maridos, mas o que Liliane queria mesmo era somente o sexo e não os maridos das mulheres, namorado ela sabia arrumar, mas infelizmente não ficava muito tempo com eles. Hoje Liliane está desesperada, e o seu alvo será o açougueiro. Jose Antonio o açougueiro não vacila em aceitar o convite, ele porem, será somente mais um em sua imensa listagem, mas quem disse que ele esta ligando pra isso?

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Um chope para distrair




Claudia estava arrasada sentada na mesa daquele barzinho. Estava solitária, triste e sem saber o que fazer da vida, havia brigado com seu noivo e desmanchado um noivado de mais de quatro anos. Não imaginava que uma discussão tão tosca por causa de sexo pudesse dar em uma separação de uma hora para outra. Pensava no que iria fazer, como iria agir, afinal em todos esses anos não havia ainda passado por uma situação do tipo, uma separação por briga era algo que nenhum dos dois jamais imaginava, afinal se davam tão bem. Pediu mais um chope ao garçom e tomou aos poucos, precisa se distrair um pouco. Ficou ali pensativa quando o celular tocou, abriu a bolsa ansiosa tinha que ser Flaviano o seu noivo, caso fosse Flaviano iria aceitar qualquer coisa que ele pedisse, sim era ele mesmo. Falou ao celular ansiosa, quase chorosa e concordou com tudo. Pouco depois Flaviano passou com o carro e a pegou no barzinho, pagou os chopes e saiu em disparada. Claudia agora estava em um motel qualquer da cidade e Flaviano gemia e gozava em um sexo anal selvagem e brutal, Claudia gemia e chorava, mas não queria mais brigar com o noivo.

sábado, 15 de janeiro de 2011

O apartamento



Michele havia sonhado muito com aquele apartamento. Sim um belo apartamento bem no centro da cidade, bem perto a tudo o que ela bem gostava. Todos os dias quando passava de ônibus ao ir ao serviço contemplava o prédio e dizia para si mesma que um dia compraria um apartamento naquele prédio.
Hoje contemplando a paisagem observa a rua da janela do seu tão sonhado apartamento da qual hoje ela é proprietária, em fim havia conseguido o que tão almejara. Sorria ao pensar os anos de sonhos a fim, sonho hoje que se tornou realidade. Caminhou agora nua pelo apartamento ainda com pouco moveis, chegou à porta do quarto e observou Abelardo seu noivo ainda jogado na cama pelado e extasiado de uma noite de sexo onde sua noivinha Michele havia feito de tudo e mais um pouco... E queria mais.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Lisa linda



Seu nome é Lisa, mas também é conhecida como Lisa Linda devido seus atributos físicos extremamente atraentes. Lisa trabalha como vendedora numa loja chic em uma das ruas mais caras e conceituadas de São Paulo, a Rua Oscar Freire. Odorico seu patrão costuma colocar Lisa sempre a frente de suas grandes vendas de jóias, pois o jeito meigo de Lisa conquista por demais os clientes, principalmente os homens.
Lisa poderia ter sido uma modelo, mas a vida a levou para outro lado. Apesar de não ser rica tem belos planos para o futuro, e nesses planos está Odorico o seu patrão. Tudo bem que atualmente ele apenas lhe serve como lanchinho para sexos ocasionais de fim de expedientes, principalmente as sextas feiras, mas isso não é problema, ela sabe que dia menos dias conquista o macho. Lisa, sim Lisa linda, hoje esta usando uma micro tanga rosa para deleite de seu patrão amante, a festa vai ser boa.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Lindezas

A dona Gisele Bundchen
Nesse novo ano que começa a proposta do blog continua a mesma, muitos contos, muitos textos e muitas mulheres bonitas.
Ta bom demais.