segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Um chope para distrair




Claudia estava arrasada sentada na mesa daquele barzinho. Estava solitária, triste e sem saber o que fazer da vida, havia brigado com seu noivo e desmanchado um noivado de mais de quatro anos. Não imaginava que uma discussão tão tosca por causa de sexo pudesse dar em uma separação de uma hora para outra. Pensava no que iria fazer, como iria agir, afinal em todos esses anos não havia ainda passado por uma situação do tipo, uma separação por briga era algo que nenhum dos dois jamais imaginava, afinal se davam tão bem. Pediu mais um chope ao garçom e tomou aos poucos, precisa se distrair um pouco. Ficou ali pensativa quando o celular tocou, abriu a bolsa ansiosa tinha que ser Flaviano o seu noivo, caso fosse Flaviano iria aceitar qualquer coisa que ele pedisse, sim era ele mesmo. Falou ao celular ansiosa, quase chorosa e concordou com tudo. Pouco depois Flaviano passou com o carro e a pegou no barzinho, pagou os chopes e saiu em disparada. Claudia agora estava em um motel qualquer da cidade e Flaviano gemia e gozava em um sexo anal selvagem e brutal, Claudia gemia e chorava, mas não queria mais brigar com o noivo.

Nenhum comentário: