sábado, 5 de maio de 2012

Lamentável




Olhou pra a rua da janela do seu apartamento, o relógio marcava 13 horas, o dia parecia não querer passar mesmo. Juliana pensava na sua situação, agora que abandonara o namorado, pensava que diariamente aquela mesma hora ele estava sempre ali em seu apartamento pronto para o sexo selvagem da maneira que gostava, só não podia imaginar que um dia encontraria o seu querido na cama transando com outro do mesmo sexo, isso ela não podia agüentar.
Foi o seu quarto pegou um vibrador e começou a se masturbar lamentando o ocorrido.

Nenhum comentário: