sábado, 5 de maio de 2012

Se meu fusca falasse




O fusca era muito pequeno e frágil para o duro trabalho que tinha de fazer diariamente e de noite ainda servir de motel para Adelaide e seu amante.
A noite já ia alta e o fusquinha branco estava estacionado numa esquina, e dentro dele Adelaide mamava o mastro do seu amante que gozava como um cavalo no cio dentro da boca da vadia. Se o fusca falasse certamente teria historia longas e interessantes para contar. 

Nenhum comentário: