segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Porque gostamos tanto de putas?

Porque os homens gostam de putas?
As putas tem tudo os que as outras tem
Então porque os homens gostam tanto de putas?
Elas fazem melhor?
Elas gemem melhor?
Elas nos comem melhor?
Porque os homens gostam tanto de putas?
As putas do dia a dia
As putas dos dias sem dias
As putas caras
As putas baratas
As putas com pseudônimo de modelo
Porque os homens gostam tanto de putas?
Fala aqui no meu ouvido
Porque GOSTAMOS tanto de putas?

Ursão e Arlenice, a historia

A vida sexual de Arlenice era uma vida comum antes do casamento.
Arlenice sempre foi a gostosona da escola, pouco se importava com os estudos, mas em nossa sociedade quem se importa para estudo tendo um rabo daquele que poderia ser bancado por algum macho endinheirado?
Arlenice se casou, não com um endinheirado mas com um cara trabalhador comum, o Osvaldo, popularmente conhecido como Ursão dono de uma loja de roupas muito requisitada. Arlenice não sabia o porquê do apelido do marido, isso só veio saber depois de casada. Ursão era um garanhão dos mais pilantra que tinha no bairro. todos sabem que os ursos tem uma especie de osso no pênis onde faz com que o mesmo fique ereto mesmo com ele cansado. Ursão era conhecido como um cara que transava horas sem o pau cair e Arlenice viu como era duro ser esposo dele. Durante os primeiros meses de casamento Arlenice no  dia dia seguinte apos uma noite de sexo não conseguia nem andar, por conta disso, mas com o tempo boazinha que era se adaptou ao esquema do Ursão que era um selvagem na cama. As noites regradas a sexo anal eram violentas, mas nada que uma gostosona com uma bunda daquela não pudesse resolver. E assim eram felizes.  

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Sexo

O sexo sempre foi e será um tabu. Sempre foi um coisa praticada em larga escala mas que parece até hoje que é uma coisa feia mas não é nada disso. Sexo é tudo de bom e sempre será o desejo secreto e não secreto de todo mundo.

Ela Adora



Ninguém quer ser vadia, mesmo que seja, mas Sandrinha era casada e podia ser "vadia" para seu marido, e
era o que fazia. Já que não trabalhava e vivia no bem bom as custas do marido ser vadia era o que melhor fazia. Antes da chegado do marido colocava um top vestia um shortinho de malha fina sem calcinha e desfilava pela casa, quando seu marido chegava nem pensava duas vezes em beija-la arrancar o que tinha de roupa em Sandrinha e possuí-la ali mesmo na sala num sexo brutal e insano. Ela adora!