segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Sexo na construção

Fazer falta
Brincar de...
Terrenos baldios
Casas em construções
Eu
Você
Eu sedento
Você sedenta
A febre do sexo
O amor juvenil
O orgasmo febril
Depois a explicação
Do joelho ralado
Com resquícios de cimento
De uma construção
qualquer.

domingo, 6 de outubro de 2013

Pulsar

Eu vejo de todos  os jeitos
De todas as formas
As que não me incomodam
As que não me afligem
As que me fazem pensar
amar
Eu vejo de todas as formas
De todos os sentidos
Contidos
Naquilo que penso
Mulher universo
Criação eterna
Que faz nossos corações pulsar
E não pulsar.